No Japão neva? Confira 6 lugares para curtir a neve no país

Compartilhe:

Se você está procurando destinos de inverno diferentes para viajar, saiba que no Japão neva sim, e muito! Com uma cultura riquíssima, história milenar e culinária imperdível, o Japão é um dos lugares mais fascinantes do planeta, inclusive nos meses mais frios do ano. Além de contar com algumas das estações de esqui mais incríveis da Ásia, o país reserva cenários naturais de tirar o fôlego, vilarejos super charmosos e festivais de inverno de grandes proporções. Quer saber mais? Listamos, a seguir, 6 lugares surpreendentes para você curtir a neve no Japão nas suas próximas férias. Confira!

Newsletter
Você na Neve

As principais informações sobre destinos, estações, esportes e dicas.

Newsletter
Você na Neve

As principais informações
sobre destinos, estações,
esportes e dicas.

1. Hokkaido, o coração do esqui e da neve no Japão

Tóquio, Quioto e Osaka, as principais cidades japonesas, não são famosas por receberem muita neve, mesmo nos meses mais frios do ano. Porém, no norte do país, as montanhas da ilha de Hokkaido são bastante procuradas por esquiadores e snowboarders que optam por passar o inverno no Japão. Graças à abundância e qualidade da neve tipo powder, a região reúne as melhores estações de esqui do país, como Sahoro, Niseko, Furano e Tomamu. Com terreno esquiável de sobra e variedade de pistas espalhadas pelas montanhas, qualquer pessoa pode experimentar a emoção dos esportes de inverno, entre outras atividades.

2. Sapporo Snow Festival: descubra um dos maiores festivais de inverno do mundo

Sapporo Snow

Ainda em Hokkaido, há outras atrações para incluir em um roteiro pelo Japão no inverno. Uma delas é o Sapporo Snow Festival, um dos maiores festivais de inverno do planeta. Realizado anualmente no mês de fevereiro, o grandioso evento ocupa três locais diferentes dentro da cidade de Sapporo Odori, Susukino e Tsu Dome. Além das impressionantes esculturas de gelo, que ficam ainda mais fotogênicas à noite, você pode se divertir com tobogãs de neve e aproveitar as barracas com comidas e lembrancinhas do festival. É realmente uma das maravilhas da neve no Japão, que recebe cerca de dois milhões de turistas estrangeiros todos os anos.

3. Shirakawa-Go e Gokayama: dois lugares para visitar no Japão no inverno

Shirakawa-go

Não é apenas no norte do país que está todo o charme dos meses de inverno no Japão. Há destinos e passeios imperdíveis em outras regiões, algumas não muito distantes de Tóquio e de outras cidades nipônicas famosas. No centro do país, na província de Gifu, fica Shirakawa-Go, um dos vilarejos de inverno mais charmosos do mundo. Graças às suas construções tradicionais em estilo “gassho-zukuri”, o local foi incluído na lista de Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO em 1995, ao lado do vilarejo de Gokayama. O cenário fantástico fica ainda mais mágico ao longo do inverno, com a camada de neve cobrindo os telhados e árvores ao redor das casas. Imperdível!

4. Aomori é a cidade que mais neva no Japão

Aomori

Mesmo se você não planeja esquiar ou visitar atrações naturais, pode curtir o inverno em muitas cidades que nevam no Japão. O país tem diversas localidades, de diferentes tamanhos, com uma queda de neve considerável. No entanto, para quem não tem medo de exagero, Aomori, na região norte de Tohoku, é o destino ideal. Considerada a cidade que mais neva no país, ela recebe em média 7 metros de neve todos os anos. Para efeito de comparação, Sapporo, outro grande centro de inverno no Japão, recebe em torno de 5 metros de neve nos meses de janeiro e fevereiro.

5. “Monstros de neve” em Zao Onsen: uma das atrações mais curiosas do inverno do Japão

Outro lugar que atrai muitos turistas é Zao Onsen, uma pequena estância famosa por suas fontes termais e pelo monte Zao, a cadeia de montanhas vulcânicas que dá nome ao local. Mas, entre todas as suas belezas naturais, o grande destaque são os “monstros de neve”; esculturas formadas por neve pesada depositada nas árvores e congelada por ventos gélidos da região. Zao é um dos poucos lugares no Japão onde é possível ver esse curioso e fantástico fenômeno natural.

6. Biei, um dos cenários de neve no Japão mais surpreendentes

Lago Azul

Biei é uma pequena localidade da ilha de Hokkaido, cujas colinas ficam totalmente cobertas de neve ao longo do inverno. Mas é nos arredores da cidade, aos pés do monte Tokachi, que fica uma das paisagens mais espetaculares da região: o Lago Azul (Aoike). À noite, quando a luz azul reflete o espelho d’água, as árvores acima da superfície ficam parecendo esculturas de vidro. É lindo de se ver!

Quando é a temporada de neve no Japão?

O inverno no Japão (Fuyu) começa em 21 de dezembro e termina em 13 de março, mas a temporada de neve no Japão normalmente tem início em meados de dezembro e segue até o fim de março ou início de abril. Isso varia de região para região com base nas condições de neve. Se a sua ideia é esquiar, a alta temporada vai de de janeiro até o fim de fevereiro.

Por que no Japão neva muito?

O Japão é conhecido pela consistência e pelo grande volume de neve que recebe todos os anos. E os tipos de neve encontrados no país são perfeitos para praticar esportes de inverno, como o esqui e o snowboard. Essas condições ideais são criadas pelas massas de ar frio da Sibéria que sopram em direção ao território japonês durante o inverno, captando a umidade do Mar do Japão pelo caminho. Conforme esse ar úmido sobe as montanhas do Japão, ocorrem fortes nevascas – com algumas áreas recebendo uma média de três a seis metros de neve. 

Compartilhe:

Matérias Relacionadas